Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 28 de outubro de 2009

O Sr. Sampaio é um arquiteto de 69 anos que projeta prédios. Seus desenhos são muito detalhados e devem ser feitos em uma escala específica. No decorrer do último mês, surgiu um leve tremor na mão direita, que lhe causa uma certa dificuldade, mas que ainda não interfere na função. Entretanto, ele percebeu que a sua letra e desenhos ficaram bem menores, causando problemas no seu trabalho. Seu médico o encaminhou a um neurologista para avaliação. Ao exame, o neurologista percebe alguma rigidez motora no braço direito. Verifica também uma leve lentidão no andar do paciente, bem como uma redução no balanço dos braços ao caminhar. Foi determinado o diagnóstico de parkinsonismo em estágio inicial, para a qual foi prescrita a amantadina. Alguns dias depois, o Sr. Sampaio retorna ao neurologista queixando-se de mosqueamento arroxeado nas pernas. O médico substitui, então, a amantadina por levodopa+carbidopa.

A Sra. Sampaio festejou seus 71 anos de idade levando seus netos para passear no parque.

Caiu enquanto empurrava o carrossel e fraturou o punho. Neste momento, ela não está sentindo nenhuma dor, porém, queixa-se de que o gesso está incomodando para dormir. Tentou ouvir música suave, ler e praticar técnicas de relaxamento, mas, mesmo assim, não consegue adormecer. Pediu que fosse solicitado algum sonífero e o clínico prescreveu diazepam, 10mg, antes de dormir, por 30 dias, prazo em que poderia retirar o gesso. O Sr e a Sra Sampaio visitam seus netos com freqüência, e da ultima vez, acompanharam a filha na visita ao médico do neto, Daniel. O garoto tem 6 anos, e tem freqüentes e súbitas crises, caracterizadas por olhar vago, desligamento do ambiente, cessação da atividade motora e relaxamento muscular, as quais eram seguidas por abalos clônicos da cabeça e dos membros. O médico levantou a história de Daniel e fez exames clínicos, que não evidenciaram maiores problemas. Frente ao diagnóstico clínico de crises generalizadas de ausência típica (pequeno mal), foi solicitado um eletroencefalograma que demonstrou complexos onda e ponta, três por segundo, confirmando o diagnóstico. O médico prescreveu ácido valpróico para o tratamento.

vovó

Anúncios

Read Full Post »