Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 4 de novembro de 2013

F., 30 anos, feminino, histórico de hipertensão crônica. Possível Pré-eclâmpsia na primeira gestação. Sua primeira gestação foi há 4 anos. Apresentou elevação da Pressão Arterial no 5º mês de gestação, porém, não foi realizado tratamento medicamentoso com anti-hipertensivos. Detectou-se retardo no desenvolvimento intrauterino na 35ªsemana. O parto aconteceu na 38ª semana, de uma menina, com 2,26kg, devido à piora no quadro.
Assim sendo, foi determinado o provável diagnóstico de pré‐eclâmpsia sobreposta à hipertensão crônica. O tratamento durante o parto contemplou a utilização de Mg EV, anti‐hipertensivos; sem continuidade no pós‐parto.

História Familiar: pais hipertensos (pai com doença arterial coronariana), irmã com estenose na artéria renal e outra irmã com retardo intelectual por meningite. Não é tabagista. Uso de uma taça de vinho, durante a noite, regularmente. Sedentária. Está sob tratamento para infertilidade.
História Médica Pregressa: sepse em 2006, por diverticulite. Alérgica a Amoxacilina. Uso de Fluoxetina em TPM.

Exames Laboratoriais
PA: 139/90 mm Hg
IMC 23,7
Glicose 78 m/dL
Creatinina: 0,8 mg/dL
Potássio 5,1 mEq/L (normal: 3,5‐5,0)
Ca: 10,9 mEq/L (normal 8,8‐10,6)
Tireotrofina: 1,2
Leucócitos 4,7 K/uL
Hb: 15,2 g/dL
Plaquetas: 297 K/uL
Em novo exame, os níveis de K e Ca estavam dentro da faixa normal.
Urina: normal; apenas traços cetônicos.
Avaliou-se possíveis causas para a hipertensão secundária: endócrinas (feocromocitoma, doenças da tireoide, hiperaldosteronismo, síndrome de cushing, hipercalcemia), renais (doenças renais, estenose arterial renal), cardíacas (apnéia do sono, coarctação da aorta) ou derivadas do consumo de medicamentos (anticoncepcionais ou álcool).
Exames complementares: ECG, oftalmoscopia, pulsos carotídeos, femorais e periféricos, dosagem de colesterol.

Questões a serem consideradas
1. Se houve pré-eclampsia na primeira gestação e se há relação entre uma possível pré-eclampsia da primeira com a segunda gestação
2. Se existem causas possíveis de hipertensão além da gestação
3. Necessidade dos exames complementares solicitados
4. Discussão da prescrição dentre os seguintes fármacos:, considerando gravidez: diuréticos tiazídicos, iECAs, bloqueadores dos receptores de angiotensina, beta ‐bloqueadores, bloqueadores dos canais de cálcio.
5. Objetivos terapêuticos
6. Tratamento não medicamentoso
7. Fisiologia Básica da Pressão Arterial na Gestação
8. Hipertensão Crônica e Gestação
9. Pré ‐Eclâmpsia: Prevenção e pós parto

Baseado no artigo

Powrie RO. A 30-year-old woman with chronic hypertension trying to conceive.JAMA. 2007 Oct 3;298(13):1548-58.

Anúncios

Read Full Post »