Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘controle’

Pois bem: segundo a ANVISA, através da RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA – RDC Nº 44, DE 26 DE OUTUBRO DE 2010 que dispõe sobre o controle de medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianos, de uso sob prescrição médica, isoladas ou em associação e dá outras providências, somente poderão ser vendidos antibióticos com prescrição médica mediante retenção de receita (branca, em duas vias).

A principal motivação para esta determinação está no surgimento de cepas resistentes de superbactérias, incluido a KPC (Klebsiella Penumoniae Carbapenemase) e MRSA (Methicillin-resistant Staphylococcus aureus).

A decisão da anvisa tem fundamento científico, afinal a automedicação por antibióticos é considerável, tanto no Brasil como no restante do mundo. Porém, há que se destacar outros aspectos:

a) grande parte dos medicamentos antibióticos consumidos é prescrito. O preocupante é que até 50% das prescrições médicas contém antibióticos. Será que este uso é racional? Quando um médico olha para a garganta do paciente e “diagnostica” uma “séria doença causada por bactéria” e prescreve um antibiótico de última geração, sem identificar realmente qual é o “bicho que tá pegando”?

b) Todas as formas farmacêuticas serão controladas? Inclusive a pomadinha para assadura que contém nistatina?

c) o que vai ser feito com aquelas prescrições preventivas, em que o paciente recebe prescrição de antibiótico sem indicação, para “evitar” infecção?

d) o que vai ser feito com a gigantesca quantidade de antibióticos que é consumida por animais? e na agricultura?

e) e quem não tiver acesso a um serviço de saúde ágil para receber a prescrição médica?

enfim… a primeira medida é justa, útil e deve ser seguida… Mas outras ainda deverão ser tomadas.

 

Anúncios

Read Full Post »