Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘idosos’

 

João é o farmacêutico do Lar Santo Expedito, uma instituição de longa permanência para idosos no município de Jurerê da Serra. Exercendo a profissão, é responsável pela supervisão direta do tratamento farmacológico de 45 idosos internados, todos acima de 65 anos. Em uma semana comum de trabalho, João dispensa aos cuidadores medicamentos prescritos pelos profissionais médicos que acompanham o grupo. A maioria destes medicamentos é utilizada para tratar distúrbios metabólicos (pertence à classe dos antidiabéticos orais e insulina; anti-hipertensivos, antiagregantes plaquetários, etc), antimicrobianos, distúrbios hormonais, psicofármacos (antiedepressivos, anticolinérgicos, anticonvulsivantes, ansiolíticos, etc.), vitaminas e suplementos alimentares.  Chamou a atenção de João as queixas das cuidadoras em relação a alguns problemas de saúde apresentados pelos internos, e que exigiram seus conhecimentos a respeito dos distúrbios menores.

– Dona Margarida estava apresentando tosse, e não deixava sua companheira de quarto, Dona Eulália dormir bem. Ambas estavam atribuindo a tosse à vacina da gripe, feita há alguns dias. João observou que a tosse de Dona Margarida era seca,  não acompanhada de febre, e questionou sobre o uso de cigarros. Dona Margarida corou ao confessar que a neta havia lhe trazido cigarros na última visita, e que estava fumando escondida no banheiro do quarto. João lhe indicou medidas higiênicas de combate a tosse e um antitussígeno.

Seu Benedito estava corado antes mesmo de falar com João. Seu problema era mais delicado. Estava sofrendo de hemorroidas. Novamente, a causa do problema foi a alimentação inadequada do morador, que havia comido salame colonial trazido pelos filhos, contendo bastante condimentos.  Seu Benedito se queixa de dor, ardor, inflamação, sangramento e calor. Novamente, João lhe indicou medidas higiênicas de combate ao problema, além de medicamentos tópicos.

Seu Nilo estava constipado já há algumas semanas. Sua frequência de evacuação era inferior a 3 vezes na semana, com fezes endurecidas e sensação de evacuação incompleta. Recentemente o médico assistente havia modificado sua terapia farmacológica e incluído novos fármacos neurolépticos e anticolinérgicos. João identificou a constipação como sendo um problema relacionado a medicamento e propôs medidas higiênicas e a utilização de um laxativo.

Para os casos acima, identifique fatores de risco, medicamentos de escolha, medidas higiênicas e orientações farmacêuticas necessárias para a resolução dos distúrbios menores.

Anúncios

Read Full Post »

Este material, também do site do departamento de geriatria da USP, foi elaborado pela Dra. Elina Kikuchi. Aborda aspectos farmacocinéticos e farmacodinâmicos da utilização de medicamentos em idosos.

Aula da Dra. Elina

Read Full Post »

Abaixo o link da palestra da Farmacêutica clínica Caroline Aoqui, hospedado no site de gerontologia da USP. Tem várias informações interessantes sober o uso de medicamentos em idosos

Enjoy

Read Full Post »

 VALLS, L. Herramientas praticas en la farmacia clinica en geriatría. Grupo de investigación en atención farmaceutica. Espanha. S/data. variações farmacocinéticas no idoso

 

Read Full Post »

Efeito da disseminação de evidências na redução dos danos com quedas.

Effect of Dissemination of Evidence in Reducing Injuries from Falls. N Engl J Med 2008; 359(3):252-261 [Link para abstract].

 

Para ler a tradução na íntegra, clique aqui

Read Full Post »

Vacinação para influenza e risco de pneumonia adquirida na comunidade em idosos imunocompetentes: um estudo de caso-controle aninhado, de base populacional1.

Influenza vaccination and risk of community-acquired pneumonia in immunocompetent elderly people: A population-based, nested case-control study. Lancet 2008 Aug 2; 372:398-405 [Link para PubMed].

 

Para ler versão na íntegra, clique aqui

Read Full Post »