Feeds:
Posts
Comentários

Archive for 19 de maio de 2010

Polícia Civil agora depende de laudo pericial do DML para saber quais as causas da morte do estudante Diogo Albino da Rosa

Os médicos e a equipe de enfermagem que atenderam o estudante Diogo Albino da Rosa, 14 anos, confirmaram na Polícia Civil que o adolescente recebeu um medicamento contra a febre na unidade básica de saúde (UBS) do Desvio Rizzo, em Caxias do Sul. Os servidores, porém, não souberam dizer se o adolescente tinha algum problema de saúde que teria causado a morte ou se complicação foi provocada por alguma reação alérgica ao remédio (choque anafilático). Os depoimentos ocorreram na tarde desta terça-feira na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). Diogo morreu na manhã do dia 5 de maio, poucos minutos depois de ser atendido na UBS. As causas do óbito são desconhecidas. Os médicos aplicaram antitérmico à base de dipirona diluído em soro no braço do estudante. O adolescente estava com febre elevada e a dipirona é um dos componentes mais usados para reduzir a temperatura do corpo. A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que socorreu Diogo, também foi ouvida. Mas não acrescentou nada de relevante à investigação. Segundo os atendentes do Samu, o estudante estava caído na rua. Por esse motivo, foram feitas massagens cardíacas e outros procedimentos para reanimá-lo. Com os depoimentos realizados nesta terça-feira, a DPCA agora vai aguardar a conclusão da necropsia feita pelo Departamento Médico Legal (DML). Somente com o laudo pericial do DML é que a delegada Suely Rech, titular da DPCA, vai poder dar prosseguimento ao inquérito.

Fonte: Zero Hora, 18 de maio de 2010

Anúncios

Read Full Post »